quarta-feira, 10 de agosto de 2011


Ja perdi a conta de quantas vezes ja me enganei com as pessoas, de quantas vezes ja criei expectativas demais, e acabei decepcionada. Como quantas vezes ja decepcionei alguem. De quantas vezes ja julguei alguem sem conhecer, e quando conheci percebi que estava completamente errada. Ja perdi a conta de quantas vezes tive raiva de todo mundo, e quis me prender dentro de uma bolha. De quantas vezes tive medo de ser machucada novamente por alguem. Perdi a conta de quantas vezes me apaixonei por um sorriso, e depois descobri dos milhares de sentimentos que estavam escondidos por trâs dele. Ja perdi a conta de quantas noites passei em claro imaginando como seria minha vida se eu tivesse feito tudo diferente. Perdi a conta de quantas lagrimas eu gastei em vão, por alguem que não merecia nenhuma delas, e de quantas vezes prometi a mim mesmo que nunca mais choraria por ninguem. Perdi a conta de quantas vezes sorri, somente para tentar esconder os motivos de não querer sorrir. De quantas vezes me tranquei no quarto, escrevi no tumblr, e com lagrimas nos olhos desejava que a dor se fosse junto com as palavras. Perdi a conta de quantas vezes perdi a fé, mas a reencontrei quando tudo parecia perdido. Perdi a conta de quantas vezes pensei que estava sozinha, olhei pro lado e vi que não estava. Perdi a conta de quantas pessoas se foram da minha vida no momento em que eu mais precisava delas, e de quantas apareceram no mesmo momento. São pequenas experiencias, que me fizeram forte, e me tornaram quem eu sou hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário